Diário de Heloisa S. Ferreira: A casa, a rua, o mundo...

09 February 2013

A casa, a rua, o mundo...

 
( Fotos: HeloisaSF )

Minha casa, meu mundo. Quantas vezes já ouvimos ou falamos isso?
Minha casa, meu mundo. Onde está a sua casa? O que faz parte do seu mundo? Existe uma fronteira que separa sua casa do mundo?

Como lidamos e interagimos com o "mundo"... e com o mundo dos nossos semelhantes? Hoje, pela manhã, ao passar por uma determina rua encontrei a seguinte cena ( registrada nas fotos acima ): um sofá, um colchão, portas de um armário e restos de uma obra jogados no meio de uma calçada perto de um córrego. Temos que admitir que, infelizmente, basta uma volta pela cidade que iremos encontrar mais cenas semelhantes.

Agrava o fato do "lixo" ter sido descartado perto de um canal - que constantemente recebe manutenção da limpeza urbana - e de um bueiro.

O cenário registrado nos revela a dificuldade que muitos possuem em identificar os espaços públicos ( calçadas, praças, parques e ruas ) com parte de sua responsabilidade e propriedade . Enfim o mundo dessas pessoas se restrige a própria casa e nesse "universo particular" não há vez para a reciclagem, para o reaproveitamento, para praticar a solidariedade por meio da doação de um móvel ou objeto...

Um sofá descartado no meio da rua revela o desprezo pelo charme das coisas antigas, da cadeira com madeira gasta ( mas que possui "histórias para contar" ), do móvel um pouco puído  e com tom desbotado, mas que remete boas recordações e pode ser reaproveitado...

Um sofá descartado no meio da rua é a materialização do ato de ofercer para o mundo externo o lixo interno, seja da casa física ou da "casa espiritual" ( a alma ).

( Autoria: Heloisa S. Ferreira / Heloisa SF. @decorilustrada )

No comments:

Post a Comment